CAPA CONVIDADOS 01

Serão oito conferências, de 26 de março a 14 de maio, com escritores de renome nacional e internacional, sempre às terças-feiras, às 19 horas, no Teatro dos Bancários (EQS 314/315 – Bloco A – Asa Sul).

Dia 26 de março (Abertura)
Literatura brasileira e crises políticas
Palestrante: FERNANDO MORAIS

As grandes crises políticas pelas quais o País atravessou e as abordagens literárias, historiográficas, ensaísticas ou ficcionais.

Dia 2 de abril
Biografias do Brasil
Palestrante: MÁRIO MAGALHÃES

A construção do Brasil, o processo de colonização, as etnias e culturas, as políticas econômicas e sociais e os fatos históricos que foram determinantes na formação da identidade do País.

Dia 9 de abril
O amor e a afetividade na história do Brasil
Palestrante: MARY DEL PRIORE

Uma abordagem das relações afetivas e sua construção histórica na sociedade brasileira. O lugar do amor, nas suas diversas manifestações, e o espaço da empatia e da solidariedade no Brasil contemporâneo.

Dia 16 de abril
As grandes metrópoles na literatura brasileira
Palestrante: PAULO LINS

As grandes narrativas da literatura ficcional brasileira que abordaram as metrópoles do País ao longo da história e suas conexões com as mudanças ocorridas nesses cenários, tanto do ponto de vista urbanístico, como social e cultural.

Dia 23 de abril
Raízes do Brasil – herança africana, tradições e novas expressões: uma perspectiva da produção artística negra no Brasil atual
Palestrante: GRACE PASSÔ

O legado, a tradição e as novas expressões da cultura negra na literatura brasileira. Um olhar sobre a produção literária dos negros no Brasil e suas novas expressões.

Dia 30 de abril
Internet e tecnologia: informação e desinformação na era digital
Palestrante: PABLO ORTELLADO

Com a explosão das mídias sociais, da internet e das tecnologias digitais verifica-se a disponibilização de conteúdos como nunca se viu. Juntamente com isso, uma mercantilização opressora, fake news e uso político, dentre outros. Diante disso, o grande desafio passa a ser como utilizar esses instrumentos para expandir o conhecimento e as práticas de cidadania.

Dia 7 de maio
A literatura que vem da periferia
Palestrante: SÉRGIO VAZ

Do hip-hop às publicações poéticas, do funk aos saraus. Uma cultura periférica surge nas grandes cidades e busca afirmar seus valores e sua identidade. As novas expressões e as narrativas literárias que vem das maiorias populacionais que vivem nas periferias das grandes cidades.

Dia 14 de maio
A crônica e o humor na sociedade brasileira
Palestrante: EDUARDO BUENO

Dos clássicos da literatura aos autores da contemporaneidade, o riso e a capacidade de crítica social e suas mudanças em um mundo que exige cada vez mais atitudes que superem preconceitos e afirmem os direitos das minorias em meio à luta contra preconceitos.

LOGOS REALIZADORES 820x111